‘Battlefield V’ vai se passar na Segunda Guerra Mundial, veja trailer
9 de junho de 2018
5 filmes de amor que todo mundo deveria assistir
9 de junho de 2018

Quase todo casal passa por crise após morar junto: saiba como driblar




Não é raro ver pessoas que depois de se casarem ou começarem a morar na mesma casa, passam a ter problemas na relação. “É, inclusive, bastante comum acontecer uma verdadeira crise no relacionamento após morar junto, isso antes ou depois de casar”, comenta a psicoterapeuta Sabrina Gonzalez.

A especialista explica que isso acontece justamente porque muitas pessoas não estão mentalmente preparadas para os novos desafios de uma vida a dois. “Antes de ter uma vida conjunta, as pessoas precisam entender o que virá pela frente, para ter certeza da decisão”, comenta.

Crise na relação após morar junto

juntar escovas dentes 116 400x800

Por que ocorre?

A especialista explica que o conflito entre o casal pode acontecer por uma série de fatores, a depender de cada par.

“Há casais que têm, por exemplo, problemas para dividir as tarefas domésticas. Mas há outros que discordam na hora de pagar as contas e assim por diante”, afirma Sabrina. “Isso porque são duas pessoas que tiverem criações, costumes e ensinamentos completamente diferentes e, na maioria das vezes, viveram com as mesmas pessoas durante muitos anos”, comenta a especialista.

Os relatos de desentendimento podem ser os mais banais, desde “ele deixa a toalha de banho em cima da cama”, até “era você quem iria pagar a conta de luz este mês”, e passar por pequenas manias que durante o namoro não incomodavam, mas agora sim – simplesmente porque você tem de conviver com elas diariamente.

Por isso ocorre o estranhamento logo de cara, afinal, namorar não é a mesma coisa que morar junto, afirma a psicoterapeuta. Viver na mesma casa envolve uma série de responsabilidades e tarefas banais que, se não forem bem resolvidas, podem causar um grande problema com o passar do tempo.

“Essas duas pessoas, por mais que tenham afinidades que as conectaram, que tenham histórias, ainda assim são distintas e é preciso ter isso em mente”, diz.

Como resolver?

casal dialogo duvida 0117 400x800

A psicóloga explica que entender que haverá uma adaptação entre os dois no início já é um bom passo para não se assustar quando algumas brigas, por ventura, começarem a aparecer.

O mais importante, no entanto, é não perder o costume de dialogar com o parceiro ou parceira e dizer exatamente o que está incomodando, sem manipulações ou mentiras.

“Muita paciência é necessária no início, conversa, compreensão e entender o ponto de vista do outro. O relacionamento, em certa medida, é sobre compartilhar e abrir mão. É preciso ter equilíbrio”, diz Sabrina.

Como resolver desentendimentos?

A especialista afirma que no início é interessante determinar, em um papel ou planilha, as tarefas exatas de cada um.

Por exemplo, quem é o responsável por arrumar a cama, preparar o café, lavar a louça, preparar o jantar, lavar o banheiro, varrer a casa e assim por diante. “Cada um pode escolher o que poderia fazer e, assim, nenhuma das partes se sente prejudicada. Isso pode diminuir muito a possibilidade de desentendimentos”, diz.

conversa 400x800 2712

No calor do momento, da raiva e da briga, a melhor saída é, segundo Sabrina Gonzales, esperar a poeira baixar.

“Exaltar-se ou falar algo que não deveria no impulso pode acabar magoando muito o parceiro. O ideal é procurar dar uma respirada e cada um ter o seu tempo para pensar no que passou. Depois disso, conversem de forma tranquila, sem levantar a voz ou ofender”, aconselha a terapeuta.

Outro esforço importante é o de se colocar no lugar do outro e tentar entender a raiz daquele comportamento ou jeito de pensar. Isso porque os valores familiares de cada um são diferentes, e é preciso tentar diferenciar o que é hábito e o que é desleixo ou falta de consideração.

A psicóloga afirma, ainda, que o casal pode decidir morar junto independente do tempo de relação. “Isso porque a maturidade e conexão não são proporcionais aos meses ou anos juntos. Por isso, se ambos sentirem que estão preparados, é algo totalmente viável”, conta.

Fonte: Portal Relacionamentos




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *